fbpx

Cuidado Natural Com a Saúde da Garganta

A Startup Ideal do Pralimao oferece rentabilidade
O Pralimao é a Startup Ideal
27 de junho de 2019
Como Prevenir Queimadura de Limão
Como Prevenir Queimadura de Limão na Pele
4 de outubro de 2019
Cuidado Natural Com a Saúde da Garganta

O limão representa mais saúde e beleza Cuidado Natural Com a Saúde da Garganta

PLANTAS MEDICINAIS para garganta: Receitinhas caseiras incríveis para Gargarejo e para ajudar nos diversos problemas da garganta!

 

O limão representa mais saúde e beleza quando consumido moderadamente junto da alimentação. Lembramos do cuidado com a pele e do uso do Pralimao para servir e usar o limão corretamente com praticidade e higiene.

 

GARGAREJO PARA GARGANTA INFLAMADA

Muitas vezes a cura para rouquidão, garganta seca ou inflamada está em um simples gargarejo para garganta.

 

O gargarejo pode umedecer a mucosa da garganta e dependendo do líquido usado para tal, pode até curar uma pequena inflamação e arrancar placas de muco. Portanto, fazer gargarejo pode ser um excelente remédio para dor de garganta; independentemente da causa. É preciso escolher o gargarejo certo para cada problema e é isso que vamos ver a seguir.

 

Antes de passarmos essa lista, precisamos saber que existem gargarejos que funcionam para determinados problemas, mas não funcionam para outros. Ao mesmo tempo, não espere milagres e sim, o alívio imediato ou a cura.

 

O gargarejo para garganta, sobretudo as receitas caseiras, podem funcionar em caso de inflamação, mas raramente curam uma infecção viral ou bacteriana já instalada.

 

Vamos então à lista de 8 gargarejos incríveis para ajudar a sua garganta inflamada, dolorida ou seca.

 

GARGAREJO PARA GARGANTA INFLAMADA

GARGAREJO COM ÁGUA MORNA E SAL

(sal groso de preferência)

A melhor indicação é sem dúvida o gargarejo com água morna e sal.

 

Esse, aliás é o gargarejo mais recomendado pelos médicos que realmente proporciona alívio sintomático e ainda trará benefícios preventivos.

Quando usar: garganta vermelha, inchada e com dificuldade de engolir.

Porque funciona: quando a água morna entra em contato com a mucosa da garganta inflamada, o calor provoca vasodilatação.

Isso ativa o sistema imunológico levando as células de defesa para a mucosa da garganta.

O sal, ajuda na limpeza e funciona como um imã para os fluidos acumulados no local da inflamação e a água morna na vasodilatação.

 

COMO FAZER:

Misturar 1 colher de sopa de sal em 1 copo de água morna formando uma solução homogênea.

Colocar um bom gole da água na boca e gargarejar pelo máximo de tempo que conseguir.

A água salgada deve ser cuspida (engolir um pouquinho não faz mal).

Repetir o procedimento até usar toda água do copo.

Repetir o processo, duas a três vezes ao dia, de acordo com o médico.

 

GARGAREJO COM ÁGUA OXIGENADA

Pouca gente sabe que se pode gargarejar uma solução leve de água oxigenada para aliviar a garganta inflamada.

Quando usar: garganta vermelha, inchada e com dificuldade de engolir.

Porque funciona? quando estamos com inflamação na garganta, há uma produção de muco excessivo nas amígdalas e em toda mucosa ao redor.

Esse muco é impregnado de bactérias que estão apenas aguardando uma oportunidade para instalar uma infecção com pus.

A solução de água oxigenada arrasta o muco bacteriano com facilidade deixando tudo bem limpinho.

 

COMO FAZER:

Misturar 2 colheres de sopa de água oxigenada 10 volumes em 1 copo de água.

Mexer para a solução ficar bem homogênea.

Em seguida, fazer os gargarejos o máximo que conseguir.

Cuspir e repetir até a solução do copo acabar.

⚠️ Atenção: Cuidado para não engolir a solução e por segurança, não ofereça esse gargarejo para crianças.

 

GARGAREJO PARA COCEIRA E IRRITAÇÃO NA GARGANTA

GARGAREJO COM CHÁ DE CASCA DE ROMÃ

A casca de romã possui muitos benefícios medicinais: ele é adstringente e anti-inflamatório e deve ser considerado um dos melhores remédios para garganta.

Quando usar: garganta coçando, irritada, vermelha, com pigarro.

Porque funciona? De acordo com a Dra. Carol DerSarkissian, médica de emergência, para reduzir a coceira na garganta é preciso gargarejar que contenha tanino, um potente adstringente.

A casca de romã contém tanino e por isso “aperta” as membranas da garganta dando alívio imediato.

Ao mesmo tempo, o poder anti-inflamatório vai garantir que a inflamação evolua para uma infecção.

 

COMO FAZER:

Adicionar as cascas de um romã em uma panela com 1/2 litro de  água

Deixar ferver por aproximadamente 15 minutos.

Depois, deixar a panela tampada até que o chá esteja morno.

Use o chá para gargarejar 3 vezes ao dia, se possível morno.

 

GARGAREJO COM MEL E VINAGRE DE MAÇÃ

Uma solução viscosa de mel, vinagre e água morna pode tirar a irritação da garganta dando um alívio imediato.

Quando usar: garganta coçando, irritada, vermelha, com pigarro.

Porque funciona? A Dra. Carol DerSarkissian também disse que uma viscosidade do mel ajuda a lubrificar a garganta que está coçando, muitas vezes por secura.

O vinagre tem efeito bactericida e antisséptico, ou seja, arranca o muco impregnado de bactérias que causa a dor de garganta.

Além disso, a água morna, como já dito, vai causar a vasodilatação abrindo caminho para as células de defesa.

 

COMO FAZER:

Em um copo de água morna adicione uma colher de mel e outra de vinagre de maçã.

Misture bem até ficar homogêneo.

Use a mistura para fazer gargarejo até esvaziar o copo.

Repita 3 vezes ao dia.

Se engolir acidentalmente, não tem problema.

 

GARGAREJO PARA GARGANTA COM PUS

Sabemos que quando as manchas purulentas aparecem na garganta já é um sinal de infecção evoluída.

Nesse caso é indispensável que busque ajuda médica para avaliar a necessidade do uso de antibióticos. Contudo, há um gargarejo muito bom para arrastar esse pus e deixar a garganta mais limpa e sem cheiro.

 

GARGAREJO COM LIMÃO E MEL

Como o pus já indica uma infecção é preciso ter cuidado para não usar produtos, mesmo que naturais, muito abrasivos.

Por isso, essa dica é bastante válida.

Quando usar? Se a garganta está com mau cheiro e com placas de pus.

Porque funciona? O limão tem as mesmas propriedades do vinagre de maçã, porém, é mais indicado para regiões sensíveis.

O limão agirá, então, como um bactericida e antisséptico, ou seja, arranca o muco e o pus impregnado na garganta.

O mel possui aquela ação antibactericida, mas a viscosidade protegerá as amígdalas e a mucosa que deve estar bastante machucada pela infecção.

 

COMO FAZER:

Espremer meio limão em 1/2 copo de água morna.

Adicionar uma colher de sopa de mel e misturar bem.

Gargareje ainda morno até acabar a solução.

Repita 3 vezes ao dia.

⚠️ Atenção: esse tratamento não cura a infecção, ele apenas ajuda a remover o pus. Ele é indicado também para crianças que já sabem gargarejar.

 

GARGAREJO PARA DOR DE GARGANTA

GARGAREJO COM CAMOMILA

Para dor de garganta, você pode usar a camomila em forma de um chá mais concentrado e morno para acalmar e aliviar essa sensação desagradável.

A camomila usada pode ser aquela desidratada em saquinho, vendida em qualquer mercado.

Quando usar: garganta vermelha e doendo ao engolir até mesmo líquidos e saliva.

Porque funciona? A camomila, a saber, possui propriedades relaxantes e sedativas que ajudarão a controlar a dor.

Se você preparar um chá mais concentrado e gargarejando a mistura ainda morna, também provocará a dilatação dos vasos sanguíneos.

Como já explicado, isso levará mais glóbulos brancos para a garganta inflamada e dolorida.

 

COMO FAZER:

Colocar 2 colheres de chá de folhas e flores de camomila em 1 xícara de água fervente

Manter num recipiente coberto por pelo menos 10 minutos.

Se quiser, pode colocar uma colher de mel.

Coar, fazer um gargarejo com o chá morno.

Cuspir o chá e repetir mais 2 vezes.

⚠️ Atenção: O recomendado é fazer um chá novo sempre que for gargarejar.

 

>GARGAREJO PARA PIGARRO NA GARGANTA

GARGAREJO DE GENGIBRE

O gengibre em qualquer forma (chá ou suco) é um remédio antigo para combater resfriado e eliminar o muco da garganta.

Quando usar? Deve usar diante de pigarro ou catarro na garganta. Quando parece ter uma secreção mais viscosa presa na garganta.

Por que funciona? Essa raiz contém propriedades antivirais e uma grande capacidade expectorante que permite a limpeza das vias aéreas com muita eficiência.

Além disso, ajuda na cicatrização região inflamada.

 

COMO FAZER:

Lave a raiz fresca de gengibre e tire a casca.

Bata o liquidificador um pedaço do gengibre o(tamanho do seu polegar) com 2 copos de água.

Coe e use o líquido para gargarejar.

Você pode guardar a solução na geladeira e usar durante o dia até acabar tudo.

 

PERGUNTAS FREQUENTES

1- O QUE É BOM PARA DESINFLAMAR A GARGANTA?

Os melhores gargarejos anti-inflamatórios são o de água morna e sal, e mel, e vinagre de maçã.

É importante que ambos sejam preparados com água morna o que vai potencializar a ação do gargarejo, abrindo caminho para as células imunológicas.

 

2- O QUE FAZER PARA TIRAR O PUS DA GARGANTA?

O gargarejo com limão e mel ajudará e muito a remover as placas de pus.

Contudo, é importante que o tratamento com medicamentos antibióticos esteja sendo feito, caso contrário as placas irão voltar.

Infelizmente, o limão e o mel não são fortes o bastante para curar uma infecção tão evoluída.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Quando a garganta começa a incomodar, a maioria das pessoas busca alternativas naturais.

Desse modo, os gargarejos são os remédios caseiros mais usados.

Os gargarejos podem ajudar a amenizar inflamações e infecções na mucosa oral e na garganta.

Assim, o gargarejo funciona muito bem, principalmente, se você estiver com catarro na garganta.

⚠️ Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.

 

Fonte: diariodebiologia.com
Por Roberta Gondim, farmacêutica generalista, mestrado em Ciências da Saúde

 

Paulo Eduardo Dubiel
Paulo Eduardo Dubiel
Publicitário, Jornalista, Gestor de Marketing; Especialista em Gestão de Negócios, ODM e Gestão da Inteligência Emocional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *